22º Psicografia – Tatiana Madjarof

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no telegram
Telegram

22º Psicografia – Tatiana Madjarof

Mamãe Rosana.

As estrelas parecem ter outro brilho quando se fala de Natal. É certo que o Papai Noel, o representante maior dos presentes, é mais citado do que Jesus, mas de qualquer forma, que a luz das estrelas, a luz das vitrines, nos convidem para que acendamos a nossa luz de compaixão para tantos que sofrem. Que possamos montar em nós uma árvore iluminada de esperança, de consolo, pois além de nós existem outros em lágrimas, envolvidos pela saudade e tantas preocupações.

Papai Jorge, a vontade pai, é de sentar no seu colo, colocar a mão no seu queixo e perguntar: — E o meu presente, quando vai chegar? Você me responderá com um sorriso e me dirá: — Ele virá. E a partir daí, nossos beijos… Para muitos tudo passou, nada dói em nós, foi tudo um conto de fadas, nada aconteceu… Mas aconteceu, e arrastamos esta cruz, como a sinalizar a direção que a partir daí tomamos. Obrigada por tudo pai, e sei que você deseja me oferecer muito mais.

Patrícia, obrigada pela força. Bastante paz no seu coração. Obrigada por olhar o meu velho jovem, o meu querido pai. Obrigada pelo que fazem pelo vovô Eduardo e pela vovó Jacy.

Deus sempre responde aos bons com o melhor. Aceitar, aceitar, e seguir. Só Deus sabe o que é melhor para os filhos.

Vó Rosa, a tia Ivete sabe sorrir, mesmo com as preocupações que nos chegam. O tio Paulo tem forças para vencer esta, e o Paulinho e a Mari saberão entender sem se afastarem de ninguém.

O Ivan está lindo!

Vó, receba os beijos da tia Ivete, da tia Silvinha, e do seu eterno namorado¹, o vovô Paulo. Sua força é superior à nossa, o que nos permite estarmos tranqüilos, mas cuida bem da sua saúde.​

Luciana, e aí Lú? O mundo parece estar pequeno. Você é igual a esta irmã, mas com Deus, vá pela direção que seu coração quer levar você. Esteja feliz.

Mãe, o trabalho continua, e a saudade também, mas mesmo nos considerando um grão de areia neste deserto de lágrimas, vamos conseguindo cumprir com nossos deveres de agora.

Feliz Natal para todos, e a felicidade é o caminho que Jesus nos oferece. A direção da caminhada, alegria, festa, sem lágrimas, aparece o coração, dominam, formando o lenço de nossa confiança. Chorar é um direito, e sorrir também.

Milhares de beijos para os meus e para toda a humanidade.

Tati.

Tatiana Madjarof Bussamra.

 

MENSAGEM PSICOGRAFADA PELO MÉDIUM CELSO DE ALMEIDA AFONSO, EM REUNIÃO PÚBLICA, NA NOITE DO DIA 17/12/2010, NO CENTRO ESPÍRITA “AURÉLIO AGOSTINHO”, À AV. LUCAS BORGES, 61 – UBERABA – MG.

 

Esclarecimentos:
  • Rosana e Jorge — Pais;
  • Lú (Luciana) — Irmã;
  • Vovó Rosa — Avó materna;
  • Tio Paulo — Tio materno;
  • Mari — Prima (filha da tia Ivete);
  • Paulinho — Primo (filho da tia Ivete);
  • Ivan — Neto do tio Paulo;
  • Rodrigo — Filho caçula do tio Paulo;
  • Patrícia — Atual mulher do Jorge;
  • Vovó Jacy — Avó paterna;
  • Vovô Eduardo — Avô paterno;
  • Silvinha — Tia, desencarnada em 04/05/1986, aos 19 anos, em acidente automobilístico na Via Anchieta;
  • Ivete — Tia, desencarnada em 22/06/2005, aos 44 anos, em decorrência de um câncer;
  • Vovô Paulo — Avô materno, desencarnado em 12/05/1991, aos 57 anos, vítima de infarto;
  •  ¹ — O vovô Paulo sempre dizia à vovó Rosa que era seu eterno namorado, e assim como ele, a vovó Rosa sempre se referia ao vovô Paulo dizendo que ele era seu eterno namorado.