21ª PSICOGRAFIA DA TATIANA MADJAROF BUSSAMRA - PORTAL ESPÍRITA E FILOSÓFICO SAUDADE E ADEUS
Saudade e Adeus - Tatiana Madjarof Bussamra - Página Inicial

 

 Saudade e Adeus

 

 

21ª Psicografia da Tatiana

 

 

 

Mamãe Rosana.

É bom estarmos em um lugar assim, com tantos corações capazes de nos compreender.

Ainda falamos e recordamos da minha viagem em direção a Laguna, e sei o quanto minha amiga Lydia recorda que esperava a amiga que na verdade não chegou.

Notícia de acidente, de morte, de dor... Momento de vontade forte de gritar, de manifestar contra Deus... Foi passando. Viajamos no tempo.

Hoje, prestamos a nossa vontade de manifestar nossa aceitação, nossa alegria de viver e de confiar que Deus somente nos oferece o que é bom.

O que me surpreende, é que a verdade incomoda.

Quanto a isso, que o diga Jesus. Uma multidão de descrentes que não querem viver, e que não aceitam a vida após esta operação humana chamada morte.

Não estou agredindo a ninguém, mas gostaria que muitos se voltassem mais para a razão, do que ficarem presos às palavras decoradas.

Se não insistirmos em dar um passo à frente, sempre continuaremos no mesmo lugar.

Se Deus nos criou para não sermos eternos, preferível fosse que Ele não nos criasse.

Para que um tempo mínimo de amor, qual o motivo do amor terminar ou ficar inerte na sua vontade?

Acaba o amor, acaba o prazer de chamar alguém pelo nome, ou dizer: pai, mãe, vó, amigo! Que fim deseja?

O de um sono sem fim, o da separação para sempre, e o silêncio de quem vive e não pode nada dizer, nem pelo menos uma frase que possa confortar a quem vivencia uma saudade.

Moisés, pelo que sei, proibiu a manifestação dos chamados mortos, e este mesmo Moisés, após ter morrido, aparece junto a Jesus para dizer algo a Elias, e o Cristo após a Cruz, vem de encontro aos discípulos.

É certo que Jesus é o melhor de todos, mas Ele disse: toma da sua cruz e segue-me. Mas como seguir Este, se morremos, apagamos de vez, sem chance alguma de encontrá-Lo, ou encontrar com quem quer que seja?

Deixa pra lá...

Cada um em seu lugar, com sua idéia.

Mãe, estou feliz, pois nos sentimos como quem foi chamado a espalhar a esperança, e é o que tentamos fazer.

Vó Rosa, meu beijos.

A tia Silvinha, a tia Ivete, o vô Paulo, todos cercam você com o amor que eles dedicam a este seu valioso coração.

Meus beijos na Mari, no Paulinho, no tio Paulo, e sempre que posso vou escutar o inglês da nossa Lú; ela está progredindo.

Meus beijos com muito amor ao papai Jorge, a vovó Jacy, ao vovô Eduardo, enfim, minha alegria pela certeza de que vivo, e vocês estão certos da minha vida.

Beijão mãe.

Fiquem todos com Deus.

Tati.

Tatiana Madjarof Bussamra.

MENSAGEM PSICOGRAFADA PELO MÉDIUM CELSO DE ALMEIDA AFONSO, EM REUNIÃO PÚBLICA, NA NOITE DO DIA 16/07/2010, NO CENTRO ESPÍRITA “AURÉLIO AGOSTINHO”, À AV. LUCAS BORGES, 61 – UBERABA – MG.

Esclarecimentos:

  • Rosana e Jorge — Pais;
  • Lú (Luciana) — Irmã;
  • Vovó Rosa — Avó materna;
  • Tio Paulo — Tio materno;
  • Mari — Prima (filha da tia Ivete);
  • Paulinho — Primo (filho da tia Ivete);
  • Lydia — Melhor amiga da Tati. A Tati se dirigia à casa de praia da Lydia, em Laguna – SC, para um almoço entre amigos, quando aconteceu o acidente;
  • Vovó Jacy — Avó paterna;
  • Vovô Eduardo — Avô paterno;
  • Silvinha — Tia, desencarnada em 04/05/1986, aos 19 anos, em acidente automobilístico na Via Anchieta;
  • Ivete — Tia, desencarnada em 22/06/2005, aos 44 anos, em decorrência de um câncer;
  • Vovô Paulo — Avô materno, desencarnado em 12/05/1991, aos 57 anos, vítima de infarto.
 
Tatiana Madjarof Bussamra
Nasceu em 21/12/1982 em São Paulo – SP
Desencarnou em 04/02/2006 em Capivari de Baixo - SC
 

Amigo leitor, se você gostou dessa psicografia, ajude a divulgá-la enviando para os seus amigos do twitter, facebook, orkut etc., pois sabemos que estas mensagens são um grande bálsamo para os corações saudosos de muitas mamães, que também devolveram seus amados filhos ao Plano Espiritual.

 

SIGA O SAUDADE E ADEUS NO TWITTER

Siga o Saudade e Adeus no Twitter

 

PARTICIPEM DA COMUNIDADE DA TATI NO ORKUTParticipem da Comunidade do Tati no Orkut

 

 
  Anterior

Retornar Para Psicografias

Próxima

 
 

 
 
 

 

 

 

Mari - 18/07/2010 - 19:12 h.

Oi! Fiquei muito emocionada com psicografia da Tatiana. Não tem como não comentar sobre isso. Que Deus abençoe todos vocês. Um grande abraço da amiga MARI.


Vania Bianchi - 18/07/2010 - 19:15 h.

Sabe, as vezes é tão difícil acreditar em algo... Até em Deus, por um segundo, já deixei de acreditar, depois, voltei à razão, mas ainda revoltada, pensei: se Ele deixou o próprio filho sofrer horrores naquela cruz, imagina se curaria e salvaria meu filho... Mas esse pensamento passou também. Creio em Deus e sei que ele tem razões que desconhecemos, mas como crer em algo mais, se nem sonhar com meu filho consigo.... Desculpa, é apenas um desabafo de dor e saudades...


Viviane - 18/07/2010 - 19:21 h.

Que delícia sabermos que para o amor não há distância...
Lendo as cartas da Tati, a sinto muito próxima de mim, como se fossemos verdadeiras amigas, sem ao menos tê-la conhecido.
Mamãe Rosana, continue mirando na lua para caso não consiga atingi-la, pelo menos estará entre as estrelas. Não desista nunca dessa sua missão aqui na Terra.
Continuarei acompanhando o site com muito carinho, e saiba que tudo isso me fez matar a saudades dos meus que já se foram para esse lugar maravilhoso relatado pela sua filha.
Abraços.


Eliane Percontino de Oliveira - 18/07/2010 - 20:26 h.

LINDAAAAA!!!!

Em cada psicografia sua TATI, me convenço mais de que tudo vale a pena. Estamos aqui para cumprir nossa missão e voltarmos à morada do pai. Um beijo grande em você e nesta família LINDAAAA!!! Te amo, desde o dia de sua primeira psicografia!! BJKASSSSSS!!!! Eliane.


Daiane Mendonça - 18/07/2010 - 20:38 h.

Realmente é inacreditável. Também perdi meu marido recentemente, e não sei ainda o que faço.


Sonia - 18/07/2010 - 20:53 h.

Oi! Muito bom vocês terem uma palavra dela, de apoio para vocês, pois minha mãe faleceu meses depois da Tati e até hoje não sei como ela está, sendo que quando ela era viva entre nós, eu não ia dormir até falar com ela para saber se ela estava bem. Hoje sinto um vazio que nunca passa, é muito triste... Ela se chama Maria das Dores Silva, e partiu aos 62 anos com câncer no fígado. Fiquem com Deus e a Tati também.


Lísia Sutoff Gross - 18/07/2010 - 20:56 h.

Achei linda sua participação no Mais Você. Acredito sim que a vida aqui é só para crescermos como pessoa e que temos uma missão, e que a vida em outro plano é linda, e que um dia as pessoas vão se convencer que a morte não é o fim, e sim o começo. Abraços. Lísia.


Ana Lopez - 18/07/2010 - 21:02 h.

Queridos Rosana e Jorge.
Por coincidência meu filho também nasceu no dia 21/12, só que do ano de 85, e também cursava medicina e era lindo como a Tati. Ele nos deixou junto com um sobrinho no mês de março/09, em virtude de um acidente de carro. Desde que ocorreu o acidente, por mais que eu queira, eu não consigo para de chorar, e a minha vida ficou cinzenta. Amo tanto meu filho que tem horas que acho que vou enlouquecer. A saudade me sufoca. Tento disfarçar, para não aumentar mais ainda a dor da minha família.
Que bom que vocês tiveram a benção de receber mensagens da Tati, e fiquei muito emocionada com elas. Espero que um dia ela possa conhecer o meu menino e então, juntos, possam mandar notícias para nós.
Que Deus abençoe a todos. Muita luz, paz, e serenidade em suas vidas. Beijos. Ana.


Liria da Silva Monteiro - 18/07/2010 - 21:12 h.

Meu Deus! Nem sei o que dizer! Cada vez mais eu tenho a certeza de estar na religião certa, e que meus pais e parentes estão num lugar maravilhoso, e a Tatiana também. Mãe, continue neste caminho de luz, amor e verdade. Fique em paz! Bjs.


Erdilene Rodrigues de Lima Cunha - 18/07/2010 - 21:36 h.

Sinto muito pelo desencarne da Tati. Moça tão querida. Sei o que é perder um ente querido. Acredito fielmente na vida após a morte. Faço parte de uma corrente mediúnica, e adoro poder ajudar a quem necessita. Deixo meu forte abraço.


Kátia Ochsendorf - 18/07/2010 - 21:40 h.

Rosana, permita-me chamá-la assim. Sou a mãe de Kátia, e meu querido filho partiu em novembro de 2007, mas somente agora estou tendo condições de falar no assunto. Ele era médico, e morreu num assalto indo com outras duas pessoas para um jantar.Tenho lido muito sobre espiritismo, e foi nos livros que encontrei a paz. Todos os dias leio preces para que ele fique em paz, e que os bons espíritos estejam sempre com ele. A primeira vez que a vi, foi no programa de Ana Maria Braga, e tenho lido as mensagens que você tem recebido. Espero um dia, quando eu tiver merecimento, receber alguma mensagem dele. Obrigada. O nome dele é Guilherme de Farias Monte, nasceu em 27 de setembro 76, e partiu em 10 de novembro de 2007. Que a Paz do Senhor esteja sempre presente em seu lar. Valdete (mãe).


Maiara Silva Silveira - 18/07/2010 - 22:25 h.

Rosana, acompanhei tudo e tenho que lhe dizer que você e uma pessoa muito forte.
Sobre as mensagens, são muito bonitas, e que você seja sempre uma vencedora, pois estou vendo nesse momento uma lição de vida. Poderá sempre contar comigo.



Elaborado e Idealizado por Rosana Madjarof - Todos os Direitos Reservados - Política de Privacidade