5ª PSICOGRAFIA DO JOÃO EDUARDO LASTA - PORTAL ESPÍRITA E FILOSÓFICO SAUDADE E ADEUS
Saudade e Adeus - Tatiana Madjarof Bussamra - Página Inicial

 

 Saudade e Adeus

 

 

5ª Psicografia do João Eduardo Lasta

 

 

JOÃO EDUARDO LASTA Mamãe Myriam, quantas novidades, quantas coisas a falarmos com o outro.

Preciso é tempo para tanto, mas na matemática ajustada à bondade de alguns, tentamos dizer o que nos é possível, com a satisfação de quem encontra em meio a tanta saudade, alguns momentos que nos faz sentir que estamos mais próximos, e que podemos usar de um telefone igual a este, que nos facilita tranqüilizar o coração do outro.

Estou sentindo que junto ao nosso está o coração do papai Julio, sempre preocupado em nos defender, protegendo-nos do ambiente de angústia que, às vezes, a ele nos entregamos.

Amo meu querido pai e sei o quanto de amor ele me dedica.

Quero aproveitar este momento para pedir alegria a vocês na festa de formatura da nossa odontóloga; nossa Thaísa.

Se caírem lágrimas de vossos olhos, que sejam elas para falar do nosso orgulho, da nossa satisfação quanto a esta outra vitória da nossa Thaísa.

Sempre que me for possível, estarei no consultório que parece estar repartido com um pouco dos meus sonhos, e outro tanto de sua realidade.

Mãe, e você Dra.¹ Myriam Margarida²... Quem diria! Você só me entrega notícia boa.

Vá em frente, nunca é tarde para o que é bom, pois somos eternos.

O tio Gildo agradece as suas lembranças, e o tio Mário também.

Meu abração no vovô João Eduardo, na vovó Luíza, vovó Márcia e o outro João, todos queridos por mim.

Mãe, meus beijos e meu carinho eterno dirigido a você e ao papai Julio.

Não fiquem preocupados comigo, o que preciso está ao meu alcance.

Beijos.

O Rafael envia lembranças a todos.

Assim que me for possível, levarei notícias à Luciane e ao Gustavo, e já estamos orando em benefício do nosso Cláudio e de toda aquela família.

João Eduardo Lasta.

MENSAGEM PSICOGRAFADA PELO MÉDIUM CELSO DE ALMEIDA AFONSO, EM REUNIÃO PÚBLICA, NA NOITE DO DIA 23/11/2007, NO CENTRO ESPÍRITA “AURÉLIO AGOSTINHO”, À AV. LUCAS BORGES, 61 – UBERABA – MG.

Esclarecimentos:

  • Myriam e Julio — Pais;
  • Thaísa — Irmã;
  • Vovô João Eduardo e vovó Márcia — Avós maternos;
  • Vovô João e vovó Luíza — Avós paternos;
  • Tio Gildo — Tio paterno, nasceu em 24/07/1944 e desencarnou em 26/12/1995;
  • Tio Mário — Tio paterno, nasceu em 12/05/1942 e desencarnou em 25/10/1995;
  • Rafael — Colega de turma do 8º período do curso de medicina, que estava no carro com o João na hora do acidente, vindo, também, a desencarnar;
  • Luciane e Gustavo — Luciane Schmitz Henn (nasceu em 11/06/1979) e Luis Gustavo Schmitz Henn (nasceu em 18/12/2004), mãe e filho, amigos da família do João e moradores da mesma cidade, em Iporã do Oeste - SC, desencarnados no dia 16/05/2007, em acidente automobilístico;
  • Cláudio — Filho da Luciane, que estava junto no carro quando aconteceu o acidente, mas conseguiu sobreviver;
  • ¹ Dra. — A Myriam resolveu retomar seus estudos, ingressando na faculdade de Direito;
  • ² Myriam Margarida — Até esta data, poucas pessoas sabiam que a Myriam levava em sua certidão de batismo um segundo nome: o nome de "Margarida". Nem mesmo seu marido Julio sabia desse fato.
 
João Eduardo Lasta
Nasceu em 07/10/1981 em Santa Maria - RS
Desencarnou em 28/04/2006 em Santa Catarina
 

 

Amigo leitor, se você gostou dessa psicografia, ajude a divulgá-la enviando para os seus amigos do twitter, facebook, orkut etc., pois sabemos que estas mensagens são um grande bálsamo para os corações saudosos de muitas mamães, que também devolveram seus amados filhos ao Plano Espiritual.

 

SIGA NOSSO SITE NO TWITTER

Siga o Saudade e Adeus no Twitter

 
 
  Anterior Retornar Para Psicografias

Próxima

 
 

PARTICIPEM DA COMUNIDADE DO JOÃO EDUARDO LASTA NO ORKUT Comunidade do João Eduardo Lasta no Orkut

 
 
 
 

 

Rogéria Regina Roque Faria - 11/03/2010 - 12:55 h.

Estou muito impressionada com estas mensagens e sei a dor desta mãe, pois minha irmã desencarnou em 99 e ela chora o tempo inteiro e vendo estas mães que perderam seus filhos tão cedo e a força que elas estão passando para outras mães, é onde a gente acredita que Deus nos dar o privilégio de ser mãe e não tira nossos filhos. Ele simplesmente acolhe em seus braços esperando a nossa desencarnação. Tinha muita vontade de receber uma mensagem de minha querida irmã Renata que desencarnou em 1999 de câncer.


Alessandro Spaniol - 10/05/2010 - 10:30 h.

Fiquei sabendo hoje da morte do meu amigo João, pois eu não tinha Internet em casa. Estou muito triste, pois crescemos juntos em Iporã, e me lembro de cada detalhe, das nossas brincadeiras, com ele e com a Taísa.

Desejo muita força a família Lasta.



Elaborado e Idealizado por Rosana Madjarof - Todos os Direitos Reservados - Política de Privacidade