1ª PSICOGRAFIA DO JOÃO EDUARDO LASTA - PORTAL ESPÍRITA E FILOSÓFICO SAUDADE E ADEUS
Saudade e Adeus - Tatiana Madjarof Bussamra - Página Inicial

 

 Saudade e Adeus

 

 

1ª Psicografia do João Eduardo Lasta

 

 

JOÃO EDUARDO LASTA Não sei muito quanto a mim mesmo.

Não posso compreender a tudo, mas posso sim, dizer em tom mais alto, neste momento de alegria e paz: “Deus, muito obrigado Pai!”.

Jamais pensei em receber um presente desta envergadura, lembrando meu aniversário.

Muitos objetos marcaram as datas que se passaram, mas nada se compara a este.

Mamãe Myriam, desculpa a exaltação do seu filho, mas é o que sinto neste momento, pois me vem a certeza que estou, de alguma forma, cooperando para que apazigúe esta dor, o que sei, auxiliará mais ainda o seu amor, considerando a dor de outras mães que viajam neste espaço de saudade, sem, às vezes, saberem se conseguirão forças para chegar.

Mãe querida, é até difícil dizer que estou feliz, mas é o que sinto escrevendo esta carta.

Não desejo que você e o papai Julio fiquem imaginando a dor que não passei nesta transferência que me entrega ao lugar que devo estar.

Falar quanto ao acidente não me traz tranqüilidade nem, tão pouco, motivo de paz.

Em momento algum, o Rafael me olhou e disse palavras que me acusassem. Somos os mesmos amigos, e digo à família do amigo que tenho a consciência tranqüila, embora deixo para muitos, dúvidas e opiniões que dispenso, pois cabe a mim saber de que maneira eu me comportei no momento do acidente.

Se falar quanto a uma abelha, me pedirão para dizer sobre uma colméia.

Espero que me ajudem, confiando no que eu estou dizendo.

Desejo muito que o papai Julio não creia que tudo foi por terra. O mestre dos mestres da medicina.

Me permitirão a continuidade dos meus estudos e me preparo para um dia abraçar o Dr. Julio, dizendo a ele: “Pai, você ficará honrado com seu filho!”.

O seu exemplo, o seu carinho e a sua amizade me auxiliaram a ganhar o diploma tão esperado.

Sei que sorriremos e manteremos nosso abraço por muito tempo.

Fica com Deus pai e ajude a mamãe. Seu filho continua a confiar em você.

Thaísa, estou recordando de nossa disputa pela atenção de nossos pais: “É só o Dú, tudo é para o Dú!

Você sabe que não é assim. Sempre segurei em sua mão e, nas brincadeiras em nossa casa, desejava assistir o seu sorriso, o que me entregava motivo de alegria.

Beijos Thaísa.

Esteja junto à mamãe e ao papai Julio.

Não sou nenhum anjo, mas sou aquele irmão entregando a você o que tenho de melhor.

Mãe, dá um beijão na vovó Márcia, na vovó Luíza, no vovô João e no vovô João Eduardo.

E que todos aqueles que me lembram, me dedicando carinho, agradeço a todos com a certeza de jamais esquecê-los.

Mãe, é preciso parar a escrita.

Meus beijos, e saiba que não desconheço sua dor.

Permanecemos juntos.

Me abençoe.

João Eduardo Lasta.

MENSAGEM PSICOGRAFADA PELO MÉDIUM CELSO DE ALMEIDA AFONSO, EM REUNIÃO PÚBLICA, NA NOITE DO DIA 06/10/2006, NO CENTRO ESPÍRITA “AURÉLIO AGOSTINHO”, À AV. LUCAS BORGES, 61 – UBERABA – MG.

Esclarecimentos:

  • Myriam e Julio Pais;
  • Thaísa Irmã;
  • Vovó Márcia Avó materna;
  • Vovó Luiza Avó paterna;
  • Vovô João Avô paterno;
  • Vovô João Eduardo Avô materno;
  • Rafael – Colega de turma do curso de medicina, do 8º período, que estava junto e, também, desencarnou no acidente.
 
João Eduardo Lasta
Nasceu em 07/10/1981 em Santa Maria - RS
Desencarnou em 28/04/2006 em Santa Catarina

 

 

Amigo leitor, se você gostou dessa psicografia, ajude a divulgá-la enviando para os seus amigos do twitter, facebook, orkut etc., pois sabemos que estas mensagens são um grande bálsamo para os corações saudosos de muitas mamães, que também devolveram seus amados filhos ao Plano Espiritual.

SIGA NOSSO SITE NO TWITTER

Siga Nosso Site no Twitter

 
 
    Retornar Para Psicografias

Próxima

 
 

PARTICIPEM DA COMUNIDADE DO JOÃO EDUARDO LASTA NO ORKUT Comunidade do João Eduardo Lasta no Orkut

 

 

 
 
 

 

Nanci Dumara Summa - 27/04/2010 - 13:03 h.

Tenho sofrido muito, em pouco prazo de tempo, por motivo de separações. Como fazer para ter o privilégio de uma psicografia? Graças ao bom Deus não foi meu filho que perdi, mas em outro sentido perdi toda a família. Éramos 3, e agora sou só eu. Obrigada.


Elaborado e Idealizado por Rosana Madjarof - Todos os Direitos Reservados - Política de Privacidade