1ª PSICOGRAFIA DA FLÁVIA BATISTA V. PINHEIRO - PORTAL ESPÍRITA E FILOSÓFICO SAUDADE E ADEUS
Saudade e Adeus - Tatiana Madjarof Bussamra - Página Inicial

 

 Saudade e Adeus

 

 

1ª Psicografia da Flávia Batista V. Pinheiro

 

 
Flávia Batista V. Pinheiro

 Mamãe Gicele, papai Luiz Cláudio.

Por favor, não me peçam mais do que eu posso entregar a vocês.

Foi difícil ser liberada para escrever, e se não fosse o amor de vocês eu creio que não conseguiria, pois ainda me encontro convalescente, mas me recupero bem e é com muito amor que recebo tratamentos através de médicos e benfeitores que me abrem o coração através da psicologia do amor.

Não quero falar do acidente, pois ainda me sinto frágil ao lembrar-me do acontecido.

Não quero que se culpem em nada, quem estava no volante era eu.

Estou me sentindo até melhor escrevendo esta carta, e espero que vocês encontrem a mesma melhora.

Meus beijos no Rodrigo, meu grande amigo e irmão querido.

Meus beijos na vovó Juraci, vovó Lina, vovô Marçal. Eu já me encontrei com o vovô Eurico.

Que pena, mas o prazo para a escrita que me foi dado é este.

Vou ficar por inteira em pouco tempo, a mesma Flavinha de vocês.

Beijão mãe.

Faça com minhas coisas aquilo que seu coração pedir.

Prometo-lhes tentar voltar em breve e escrever outra carta.

Meus beijos, e não fiquem tão preocupados.

Flávia Batista V. Pinheiro.

MENSAGEM PSICOGRAFADA PELO MÉDIUM CELSO DE ALMEIDA AFONSO, EM REUNIÃO PÚBLICA, NA NOITE DO DIA 29/07/2011, NO CENTRO ESPÍRITA “AURÉLIO AGOSTINHO”, À AV. LUCAS BORGES, 61 – UBERABA – MG.

Esclarecimentos:

  • Gicele – Mãe;
  • Luiz Cláudio – Pai;
  • Rodrigo – Irmão de 9 anos;
  • Vovó Juraci – Avó materna;
  • Vovó Lina – Avó paterna;
  • Vovô Marçal – Avô materno;
  • Vovô Eurico – Avô paterno, desencarnado em 05 de maio de 2011, com problemas no coração (um mês antes do desencarne da Flávia, os dois eram muito ligados).

Depoimento da mãe:

A Flávia é uma moça muito alegre e cheia de vida, estava estudando o 3º ano do curso de fisioterapia, e sua partida nos deixou um vazio enorme. Tanto para a família como para os amigos está sendo muito difícil, ela era muito conhecida, por isso houve uma comoção em nossa cidade, moramos em Belém – PA, e apesar de termos uma condição financeira boa, a Flávia era muito humilde e tratava todos muito igual, por isso tinha muitos amigos e era a conselheira de todos, sempre sabia o que dizer nas horas mais difíceis, seu coração era enorme, não guardava mágoa nem raiva, tinha uma grandeza espiritual enorme, com certeza seu espírito era mais evoluído que o nosso, por isso sua missão acabou aqui..., mas continua lá. Agradeço a Deus o privilégio de ter tido ela como filha, aprendi muito com ela, mas a saudade dói muito aqui no peito. Em sua carta ela fala dos assuntos que mais nos preocupavam, a culpa de ter dado o carro à ela e a preocupação do que fazer com seus objetos pessoais (algumas pessoas diziam que eu tinha que me desfazer logo de tudo para não prejudicá-la). Outra coisa foi sobre o avô Eurico, pois eu havia sonhado com ela uma semana atrás, e ela me dizia que não havia encontrado ainda com ele, pois não haviam “autorizado”, agora ela já encontrou, e isto são provas de que realmente era ela, pois sabia o que mais nos afligia. No final da carta ela assina como sempre fazia, abreviando o Valente, pois seu nome completo é Flávia Batista Valente Pinheiro.

Na véspera do acidente ela escreveu no Facebook, este poema de Caio Fernando Abreu

“Não espere... promessas vão e vem.
Planos se desfazem.
Regras, você as dita. Palavras, o vento leva.
Distância, só existe para quem quer.
Sonhos se realizam, ou não.
Os olhos se fecham um dia, pra sempre.
E o que importa você sabe menina.
É o quão isso te faz sorrir. E só...”

 
Flávia Batista Valente Pinheiro
Nasceu no dia 11/10/1991 em Belém - PA
Desencarnou no dia 04/06/2011 em Belém - PA

 

Amigo leitor, se você gostou dessa psicografia, ajude a divulgá-la enviando para os seus amigos do twitter, facebook, orkut etc., pois sabemos que estas mensagens são um grande bálsamo para os corações saudosos de muitas mamães, que também devolveram seus amados filhos ao Plano Espiritual.

 

SIGA NOSSO SITE NO TWITTER

Siga Nosso Site no Twitter

 
 

 

 

Retornar Para Psicografias

Página Inicial

 
 
 
 
 
 

 A caixa de comentários só poderá ser visualizada corretamente se você estiver usando os navegadores Mozilla Firefox ou Google Chrome.

 

 



Elaborado e Idealizado por Rosana Madjarof - Todos os Direitos Reservados - Política de Privacidade