UM MINUTO APENAS - MOMENTO ESPÍRITA - PORTAL ESPÍRITA E FILOSÓFICO SAUDADE E ADEUS
Saudade e Adeus - Tatiana Madjarof Bussamra - Página Inicial

 

 Saudade e Adeus

 

Um Minuto Apenas

 

 

 Lúcia era uma mulher feliz. Como poucas, acreditava.

Casada com o homem por quem se apaixonara nos verdes anos da adolescência, vivia o sonho da mulher realizada. Um filho lhe viera coroar a felicidade.

Que mais ela poderia desejar?

Acordava pela manhã e saudava o dia cantarolando. Com alegria realizava as tarefas do lar, cuidava do filho, aguardava o marido.

Tudo ia muito bem. Até o dia em que descobriu que o homem que tanto amava, a traía. E não era de agora. O problema vinha tomando corpo de algum tempo.

Magoada, se dirigiu ao marido. Exigiu-lhe e falou-lhe de respeito.

A resposta foi brutal, violenta. O homem encantador tornou-se raivoso, briguento. Chegou a lhe bater.

Foi nesse dia que Lúcia teve a certeza de que seu casamento acabara. Era o cúmulo.

Não poderia prosseguir a viver com alguém que chegara à agressão física.

Então, acordou na manhã de tristeza, depois de uma noite de angústia e tomou uma séria decisão.

Iria se matar. Acabar com a própria vida. Mais do que isto. Ela desejava vingança.

Por isto, tomou o filho de 4 anos pela mão e decidiu que o mataria. Queria que o marido ficasse com drama de consciência.

Seu destino era o Farol da Barra, na cidade de Salvador, na Bahia, onde residia. Ela sabia que era um local onde o mar batia com violência no penhasco.

A rua por onde transitava era movimentada. Muitos carros. Enquanto aguardava para atravessar a rua, a criança lhe escapou das mãos e correu, entre os carros. Ela se desesperou.

Estranho paradoxo. Conduzia a criança pela mão e tencionava jogá-la do penhasco ao mar para que morresse.

Mas, quando a vê correr perigo, esquecida de si mesma, vai-lhe ao encontro, agarra-a, até um pouco raivosa. Puxa-­a pela mão.

Neste momento, a criança se abaixa, alheia a tudo que se passava, e recolhe do chão um papel.

Lúcia o arranca das mãos do pequeno e um título, em letras grandes, lhe chama a atenção: Um minuto apenas.

Ela lê: Num minuto apenas, a tormenta acalma, a dor passa, o ausente chega. O dinheiro muda de mão, o amor parte, a vida muda.

Vai andando, puxando a criança e lendo a página. Era uma página mediúnica que vinha assinada por um Espírito.

Ela terminou de ler. Passou o ímpeto. Em um minuto. Parou, olhou ao redor e verificou que tinha chegado ao seu destino. O penhasco estava próximo. Sentou-se e teve uma crise de choro.

O impulso de se matar havia desaparecido. Tornou a ler a mensagem. Ela se recordou de um senhor que era espírita e trabalhava no Banco, no mesmo onde seu marido trabalhava.

Foi para casa. Lembrou que um dia, jantando em casa dele, ele falara algo sobre Espiritismo. Algo que ela e o marido, por terem outra formação religiosa, rechaçaram de imediato.

Ela lhe telefonou, pediu-lhe orientação e ele a encaminhou a um Centro Espírita.

Atendida por companheiro dedicado, que lhe ouviu os gritos da alma aflita, passou a buscar na oração sincera, na leitura nobre, no passe reconfortante, as necessárias forças para superar a crise.

O marido, notando-lhe a mudança, a calma, no transcorrer dos dias, a seguiu em uma das suas saídas do lar. Desconfiado, adentrou ele também à Casa Espírita. Para descobrir uma fonte de consolo e esclarecimento.

Hoje, ambos trabalham na Seara Espírita. Reconstituíram sua vida, refizeram-se. Os anos rolaram. O garoto é um adolescente e mais dois filhos se somaram a ele.

*   *   *

Mudança de rumo. A vida muda. Em um minuto apenas. Em um minuto apenas Deus providencia o socorro.

Pode ser um coração atento, uma mão amiga ou um pedaço de papel impresso caído na calçada. Papel que o vento não levou para longe.

Um minuto apenas e o amor volta. A esperança renasce. Um minuto apenas e o sol rompe as nuvens, clareando tudo.

Não se desespere. Espere. Um minuto apenas. O socorro chega. O panorama se modifica. A vida refloresce.

Tenha paciência. Não se entregue à desesperança. Aguarde. Enquanto você sofre, Deus providencia o auxílio.

Aguarde. Um minuto apenas. Sessenta segundos. Uma vida.

Um minuto a mais...

*   *   *

Em um minuto apenas, a Misericórdia Divina se derrama, cheia de bênçãos, nas vielas escuras dos passos humanos. Corrige, saneia, repara, transformando-as em estradas luminosas no rumo da vida maior.

 
Redação do Momento Espírita, com base no cap. 24 do livro O Semeador de Estrelas, de Suely Caldas Schubert, ed. Leal.
Disponível no CD Momento Espírita, v. 1, ed. Fep.
Em 11.01.2010.
 

   

 
  Anterior Retornar Para Mensagens

Próxima

 
 

Digite Aqui o Que Você Procura

 

SIGA O SAUDADE E ADEUS NO TWITTER

Siga o Saudade e Adeus no Twitter

 
 

 

 

A caixa de comentários do IntenseDebate só poderá ser visualizada corretamente se você estiver usando os navegadores Firefox Mozilla ou Google Chrome.

 

Jackie Freitas - Fênix - Mulheres Que Renascem - 11/06/2010 - 17:27 h.

Olá Ro!
Muito linda essa história e mais ainda a mensagem! Também penso que se olharmos ao nosso redor encontraremos razões que nos farão ver o quanto somos abençoados!
Grande beijo e parabéns por esse post!
Jackie.


Roniel A. Julio - Blog do Roni - 11/06/2010 - 17:38 h.

Amiga Rosana, essa mensagem serve para muitas pessoas que tomam atitudes precipitadas, e na maioria das vezes acabam arrependendo-se do ato cometido. Se esperassem um minuto, e refletissem, e olhassem para o Alto, poderiam ver que a vida é muito mais que apenas um minuto, e a misericórdia Divina não nos desampara em minuto algum. Parabéns pela postagem. Abraços. Roniel.


Sissym - Blog Zoom - Idéias da Fada Sem Fim - 11/06/2010 - 17:45 h.

Querida Rosana, eu sempre acredito que as coisas irão melhorar. A mensagem é tão boa, me fez bem. Aliás, lembrei-me aqui do trabalho espiritual que você me enviou no inicio do ano. Precisamos acreditar.


Lilian Candello Salvadori - Blog da Vovó Lili - 11/06/2010 - 21:21 h.

Olá querida amiga Rô,

Parabéns pela mensagem do texto. Um presente maravilhoso.

"Ela buscou na oração.... forças necessárias para superar a crise."

Deus ouve as orações de seus filhos e provê tudo que precisam. "E o meu Deus, segundo a sua riqueza em glória, há de suprir, em Cristo Jesus, cada uma de vossas necessidades" Filipenses, 4: 19

A mensagem é clara em nos prevenir de que uma vida toda pode ser alterada em apenas um minuto. A ação do Espírito Santo faz isso em nós. O pensamento é alçado para outro lugar e a ação prevista tem outro rumo.

A oração tem muita força e Deus provê todo o nosso bem estar espiritual, físico e material, pois a fonte de suprimento de Deus é ilimitada e Ele tem seus meios de garantir ajuda, resolver conflitos e dissabores.

Beijo amada e fique com a paz e a graça de Deus.
Carinhoso e fraterno abraço,
Lilian.


Joselito - Taxi Driver - 13/06/2010 - 10:48 h.

Ainda bem que algumas pessoas consideram este um minuto, infelizmente tanta outras não.


Lison Costa - Lison Online - 13/06/2010 - 12:29 h.

Saudações!
Amiga Rosana, a Lúcia conseguiu reverter o trágico pensamento, porque conhecera o funcionário do banco, não fosse isso dificilmente sepultaria o que se propôs a fazer, até porque estava toma de profundo ódio no coração, provavelmente poderia ter destruído a própria vida, ainda bem que foi salva por uma mensagem na folha de papel.
Parabéns pela escolha a dedo de tão importante mensagem!
Parabéns por mais um magnífico Post!
Abraços,
LISON.


Maria - Como Ser Um Profissional de Sucesso - 13/06/2010 - 16:48 h.

Oi, Ro!

Emocionante essa história.Nunca podemos perder nossa fé e esperança, pois as vezes pode até demorar, mas Deus e a providencia divina sempre está nos protegendo e, a ajuda pode até ser que não venha em um minuto, mas temos que ter consciência que se tivemos que passar por algum sofrimento temos que pedir a Deus resignação para superar isso tudo.
Bjs.


           


Elaborado e Idealizado por Rosana Madjarof - Todos os Direitos Reservados - Política de Privacidade