CARTA DE DESPEDIDA DA IVETE AP. MADJAROF - PORTAL ESPÍRITA E FILOSÓFICO SAUDADE E ADEUS
Saudade e Adeus - Tatiana Madjarof Bussamra - Página Inicial

 

 Saudade e Adeus

 

Carta de Despedida da Ivete Ap. Madjarof

Escrita 5 Dias Antes do seu Desencarne

 
 

Mãe,

 Eu sou aquela que está partindo, levando um pedaço do seu corpo e uma parte da sua alma. Que sente a tristeza do seu pranto e nada pode fazer para enxugar suas lágrimas, lágrimas estas, que durante uma vida molharam o seu rosto e feriram o seu coração.

Sou eu mãe, que ziguezagueei pela vida em busca de caminhos alternativos e não achei a porta de entrada que me conduzisse à paz e ao equilíbrio que sempre busquei.

Sou também, aquela que tentou ser a diferente quando tudo o que eu queria era encontrar algo grande o bastante que me fizesse igual a todos vocês, e jamais o encontrei.

Sou eu quem buscou o amor verdadeiro em tantos disfarces, e me esqueci do calor do seu verdadeiro abraço. Hoje eu conheço o seu perfume de mãe, este perfume é tão único que embriaga os meus sentidos e me faz relaxar, dormir e encontrar o verdadeiro descanso.

Sou eu que fiz do descaso a minha marca, mas que sempre soube o caminho da volta, e este sempre me levou ao seu coração aconchegante, caloroso e carinhoso. E você é aquela que jamais desacreditou do meu reencontro comigo mesma. Obrigada!

Hoje eu te conheço, e reconheço a sua importância na minha vida, você é o elo que jamais permitiu que eu caísse no esquecimento dos meus, e lutou todos os dias da sua vida para ver o sorriso e a paz estampados em meu rosto.

É você que ainda consegue me mostrar que tenho um coração, e que este coração sabe amar verdadeiramente, como uma pessoa deve amar. É chegada a hora d'eu partir, e parto muito próxima da verdadeira felicidade.

Passei por momentos de dores, angústias e sofrimentos impossíveis de serem explicados, mas também pensei na minha vida, repensei os meus valores e revi o quadro de toda uma existência, chegando a abençoada conclusão de que levo lições muito positivas de tudo isto.

Levo o amor dos meus filhos e dos meus irmãos, e só de pensar no quanto me senti amada por todos, as lágrimas banham as minhas faces e aliviam a minha alma.

Mas hoje eu sei que com você eu aprendi a amar independente e apesar de tudo e de todos, portanto, minha mãe, quero que saiba que suas lágrimas não foram derramadas inutilmente, elas alcançaram os seus desejos e me fizeram mais bem do que pode imaginar.

Agora chega de pranto e descanse, aliás, vamos todos descansar porque merecemos. A todos vocês, muito obrigada!

Obrigada por cada minuto que vocês abriram mão das suas vidas para me dar atenção e carinho, independente do meu merecimento, todos estes dias vocês comprovaram que são pessoas valorosas colocadas generosamente em minha vida, com o objetivo de esclarecer os meus sentidos e cravarem o bem na minha alma.

Não tenho pedidos a fazer, só gratidão a espalhar, pois vocês são pessoas maravilhosas que saberão passar por este momento e continuar as suas vidas com a sabedoria dos seus corações.

Jamais, nem por um único momento, eu quero que vocês pensem que parto infeliz, estou com o meu coração tão cheio de amor de todos vocês que não há nada ou ninguém que conseguirá me afastar desta luz que me trouxe à felicidade.

Muito amor a todos, e de todo o meu coração, muito obrigada!

Ivete Ap. Madjarof

17/06/2005 - 19:40 horas

 
Ivete Ap. Madjarof
Nasceu no dia 17/12/1960 em São Paulo - SP
Desencarnou no dia 22/06/2005 em São Bernardo do Campo - SP
 

   

 
  Anterior Retornar Para Depoimentos

Próximo 

 

 

SIGA O SAUDADE E ADEUS NO TWITTER

Siga o Saudade e Adeus no Twitter

 
 
 

 

 

 




Elaborado e Idealizado por Rosana Madjarof - Todos os Direitos Reservados - Política de Privacidade